Natal Pesca

Natal Pesca

Em 1996 o dólar estava com uma cotação de US$ 1 / R$ 1, mudando a situação econômica de muitos para melhor ou para pior. Se por um lado essa taxa de câmbio desestruturou o setor pesqueiro de exportação que contava com o dólar alto para se viabilizar, por outro dois empreendedores viram isso como uma oportunidade de negócio. Com a falência de várias empresas de pesca, muitos barcos foram colocados a venda e foi quando o Ednaldo Padilha e Reginaldo Antonio de Nascimento, dois pescadores, mudaram para Belém e arrendaram um barco.

Eles começaram pescando camarão, abastecendo o mercado interno e já em 1997 arrendaram mais um barco e compraram mais dois. Em 2002 com a empresa bem estruturada e com 5 barcos camaroneiros eles acharam que podiam expandir a operação.

Tendo o Know-how de pesca eles resolveram expandir para pescar o atum. Eles aproveitaram mais uma crise do setor pesqueiro e arrendaram dois barcos de uma empresa atuaneira que foi a falência no Rio Grande do Norte.

Em 2005, eles resolveram entregar um dos barcos e comprar o outro. Assim o Tunasa se torna o primeiro barco atuaneiro próprio da Natal Pesca.

Em 2007 eles transformaram um barco camaroneiro em um barco atuaneiro e compraram mais um barco. Dessa forma o Natal Pesca VII e o Natal Pesca IX passaram a fazer parte da frota atuneira da Natal Pesca.

Em 2009 eles compraram o Rio Japura 2009 e em 2016 compram o barco novo, o Oceano.

Em setembro de 2021 a Natal Pesca fará 19 anos de pesca de atum, com o filho de Ednaldo, Everton Padilha liderando a frota de cinco barcos atuneiros.

A Natal Pesca, com sede em Natal, RN, é reconhecida como uma empresa atuneira sólida com muitos parceiros no Brasil e nos Estados Unidos. E um parceiro do Fishtag.

Barcos Atuneiros:
      •   Tunasa I
      •   Natal Pesca VII
      •   Natal Pesca IX
      •   Rio Japurá
      •   Oceano Pesca